Aberta a 1ª Conferência Regional sobre Determinantes Sociais da Saúde (CRDSS)

Foi aberta ontem à noite a 1ª CRDSS. O evento, que vai até a próxima quarta-feira, contou com a presença de representantes do governo, da sociedade civil, academia e especialistas da área de saúde. Compondo a mesa de abertura estava Jaílson Correia, Secretário Municipal de Saúde de Recife, que falou sobre o município como uma espécie de retrato do Brasil e lembrou a importância de pensar e implementar soluções para as desigualdades.

Jaílson Correia: Secretário Municipal de Saúde de Recife
Jaílson Correia: Secretário Municipal de Saúde de Recife

“Recife tem a característica de ser uma cidade síntese de nosso país. Temos áreas de grande variação intra-regionais e é necessário que existam momentos nos quais possamos debater sobre isso. Se não fosse pelo trabalho de muitos dos presentes aqui, o Brasil seria mais desigual”, comentou.

Maria do Socorro
Maria do Socorro: CNS

Também na composição da mesa de abertura da Conferência, Maria do Socorro de Souza, presidente do Conselho Nacional de Saúde (CNS) lembrou a representatividade histórica da região, bem como o paradoxo que suas características sociais e estruturais revelam. “O Brasil começou pelo Nordeste. A região é o berço da formação social e política. Temos uma região rica e pobre, moderna e atrasada, com uma sociedade organizada e muita gente ainda vivendo em submissão, temos aqui uma oportunidade ímpar de discutir políticas públicas para melhorar a qualidade de vida do povo”, situou ela. “Temos a expectativa de dar um salto nos debates”, concluiu.

 

Jarbas Barbosa
Jarbas Barbosa: Ministério da Saúde

Dando prosseguimento à abertura, o secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Jarbas Barbosa, lembrou a importância dos temas em foco na CRDSS e a necessidade de enfrentar iniquidades que ultrapassam a relação saúde-doença, lembrando o elevado número de mortes por violência e acidentes de trânsito. “Esta Conferência vai debater tanto Determinantes Sociais da Saúde que persistem, quanto os novos, que são a violência e os acidentes, atualmente os grandes responsáveis por não termos aumentado a expectativa de vida dos brasileiros”. Barbosa reconhece a necessidade do debate e do olhar para os avanços na área de saúde como um desafio à busca de novas perspectivas e evolução. “Se conseguimos avançar, chegar até aqui, o que falta para termos um sistema de saúde ainda melhor, que contribua para que a população viva com mais saúde?”, questionou.

Antônio Carlos Figueira: Secretário Estadual de Saúde PE
Antônio Carlos Figueira: Secretário Estadual de Saúde PE

 

O secretário Estadual de Saúde de Pernambuco, Antônio Carlos Figueira, concluiu a abertura do evento citando avanços da região Nordeste. “Aqui as desigualdades sociais estão marcadas historicamente, mas estamos passando por mudanças”, enfatizou.

Hoje, dia 3, a partir das 9h, a CRDSS vai promover cinco sessões temáticas. Confira a programação.

Imagem da Home: Keila Vieira

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*