Fatores de risco associados à saúde mental de mães do semiárido alagoano: o papel do contexto urbano/rural

(Imagem: Divulgação)
fotoGrupo-pequena
Estudo realizou estudo com amostra da população de mães do semiárido alagoano (Imagem: Divulgação)

O comprometimento da saúde mental materna é considerado um fator de risco para a desnutrição infantil em áreas de baixa renda. Para que os tópicos mais relevantes relacionados à investigação do contexto rural e urbano, segundo a literatura, fossem avaliados como fatores de risco para doenças mentais, foi realizado estudo transversal com uma amostra representativa da população de mães de crianças no semiárido alagoano com idade até 24 meses.

A saúde mental materna foi avaliada através do Self Report Questionnaire (SRQ-20) e seu estado nutricional foi avaliado através de índice de massa corporal e circunferência da cintura. O tamanho da amostra foi de 288 mães. A prevalência de transtornos mentais comuns foi 56,2% na zona rural e 43,8% na urbana. Tanto na análise univariada como na regressão logística, na área urbana, a escolaridade foi a variável que permaneceu associada à transtornos mentais (univariada OR = 2,2 IC 95% = 1,03-4,6), enquanto na zona rural, a variável que manteve associação significante foi falta de parceiro (univariada OR =2,6 IC 95% = 1,01-6,7).

Concluiu-se que há necessidade de realizar estudos longitudinais para avaliar se as diferenças detectadas no ambiente urbano/rural persistem e que os transtornos mentais comuns maternos devem ser levados em conta no planejamento em saúde.

Confira o estudo completo no artigo “Prevalência de transtornos mentais comuns em mães do semi-árido de Alagoas e sua relação com o estado nutricional” publicado na São Paulo Medical Journal.

Referências Bibliográficas

Judd FK, Jackson HJ, Komiti A, Murray G, Hodgins G, Fraser C. High prevalence disorders in urban and rural communities. Aust N Z J Psychiatry [periódico na internet]. 2002 [acesso em 09 ago 2013];36(1):104–13. Disponível em: http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1046/j.1440-1614.2002.00986.x/pdf

Miranda CT, Turecki G, Mari JJ, Andreoli SB, Marcolim MA, Goihman S, Puccini R, Strom BL, Berlin JA. Mental health of the mothers of malnourished children. Int  J Epidemiol [periódico na internet]. 1996 [acesso em 09 ago 2013];25(1):128-33. Disponível em: http://ije.oxfordjournals.org/content/25/1/128.long

Paffer AT, Ferreira HS, Cabral Júnior CR, Miranda CT. Prevalence of common mental disorders in mothers in the semiarid region of Alagoas and its relationship with nutritional status. Sao Paulo Med J [periódico na internet]. 2012  [acesso em 09 ago 2013];130(2): 84-91. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/spmj/v130n2/03.pdf

World Health Organization. A User’s Guide to the Self Reporting Questionnaire (SRQ). Geneva; 1994. (WHO?MNH? PSF ? 94.8.). [acesso em 09 ago 2013]. Disponível em: http://whqlibdoc.who.int/hq/1994/WHO_MNH_PSF_94.8.pdf

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*