A questão dos DSS está no DNA da FIOCRUZ

Dando sequência aos programas de Bate-Papo sobre a Conferência Mundial sobre os Determinantes Sociais da Saúde (DSS), Alberto Pellegrini Filho conversa sobre o evento com Paulo Gadelha, presidente da Fiocruz. Pellegrini lembra que a questão dos DSS está no DNA da instituição, uma vez que, já na época de sua criação, Oswaldo Cruz tinha clareza sobre a importância de articular a tecnologia mais avançada com a melhoria das condições de vida da população. Hoje a Fiocruz tem desempenhado um papel protagonista na organização da CMDSS através do Centro de Estudos Políticas e Informação sobre os Determinantes Sociais da Saúde (CEPI/DSS) e do Centro de Relações Internacionais em Saúde (CRIS).

Paulo Gadelha traçou um paralelo entre Alma Ata e a CMDSS. “Essa conferência se insere num momento muito importante, numa disputa de visões que vem se dando ao longo das últimas décadas, quando tivemos momentos em que predominaram concepções mais próximas aos DSS, como foi o caso de Alma Ata, em 1978, e outros momentos em que houve revisões significativas dessas concepções”, destacou.

O presidente da Fiocruz falou ainda sobre a política de Ciência e Tecnologia do país e sua relação com os DSS. “Ciência e Tecnologia estão na base dos macro-processos que estão sendo desenvolvidos e acredito que o país está dando saltos muito significativos em fazer uma articulação mais virtuosa entre o processo de produção do conhecimento, a forma de apropriação deste conhecimento pela sociedade e o direcionamento da Ciência e Tecnologia para atender e enfrentar os grandes problemas sociais. Isso se vê refletido, no caso específico da Fiocruz, pela maneira como ela tem desenvolvido suas atividades de Ciência e Tecnologia sempre voltadas para a resolução de problemas”, ressaltou Gadelha.

Com relação à cooperação internacional desenvolvida pela FIOCRUZ, Paulo Gadelha considera que  “A Fiocruz está tendo um papel muito significativo na cooperação internacional em saúde, constituindo-se num instrumento privilegiado da ação dos Ministérios da Saúde e de Relações Exteriores do Brasil. Estamos trabalhando com formas de cooperação guiadas pela concepção dos DSS”, concluiu.

Referência Bibliográfica

Bate Papo na Saúde com Paulo Gadelha – Determinantes Sociais da Saúde [vídeo]. [acesso em 5 set 2011]. Disponível em: http://www.youtube.com/watch?v=7Kqd0djVap4

Entrevista com: Paulo Gadelha

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*