Experiência do nordeste promove cuidado nutricional das gestantes

O projeto Mãe Nutrida, desenvolvido no município de Pacatuba, no Ceará, foi criado em 2007, com o objetivo de promover ações de proteção às gestantes e bebês em situação de risco nutricional e social. Ele foi um dos agraciados com menção honrosa no prêmio Pró-Equidade em Saúde promovido pelo CEPI-DSS, CONASEMS e Ministério da Saúde.

A Secretaria Municipal de Saúde, em parceria com a Secretaria de Ação Social, através de sua coordenação de Vigilância Nutricional, implantou o cuidado às gestantes em risco, com monitoramento a partir do pré-natal. O projeto tem como objetivos principais a promoção da saúde e a redução da mortalidade infantil e materna. Buscando atingir tais objetivos, os órgãos planejaram estrategicamente ações de promoção da alimentação e redução da vulnerabilidade social.

De início, foram identificadas 3.800 gestantes em risco nutricional através da realização da avaliação social, com monitoramento mensal de dados antropométricos de peso e altura e do acompanhamento pré-natal. Concomitantemente foram realizadas palestras e oficinas de culinária, com a distribuição mensal de kits nutricionais compostos por itens essenciais à alimentação das grávidas. Para participar das ações, as gestantes inscritas comprometeram-se a cumprir o aleitamento exclusivo e manter o acompanhamento da criança até o sexto mês de vida, como propõe o Mãe Nutrida.

Com a identificação de Determinantes Sociais como baixa renda, moradia precária, participação em programas sociais, inexistência de lazer e convívio social, falta de conhecimento sobre os direitos e serviços ofertados, baixa escolaridade, baixa auto-estima, risco nutricional, foi possível promover intervenções locais associadas às necessidades de cada área do município e à sua realidade. Desta forma, o monitoramento do estado de saúde e peso das grávidas, a orientação nutricional, as avaliações antropométricas, oficinas educativas e a distribuição dos kits nutricionais, soluções implementadas pelo projeto, se adequaram as necessidades locais.

Após a implantação das estratégias de monitoramento, cuidado nutricional e orientação, os profissionais responsáveis pelo Mãe Nutrida observaram o aumento de 4.34 % de crianças em aleitamento materno exclusivo e a redução de 4.03 % de crianças com aleitamento misto, se comparados com números anteriores a sua implantação. Outros resultados positivos foram a redução de 2.18 % no índice de desnutrição de crianças de 1 à 2 anos, de 1.63 % em óbitos de crianças menores de 1 ano e de 3% no índice de crianças desnutridas menores de 2 anos.

Esta experiência permanece em execução no município, atendendo as gestantes de acordo com a demanda local.

1 Comentário

  1. Quero parabenizar este projeto, que muito me orgulha, por fazer um trabalho voltado às gestantes de Pacatuba. Gestação no município é mensurada antes e depois do Mãe Nutrida.
    Louvar a equipe que abrilhanta este projeto.

    Rodrigo Teófilo ( Sec. de Saúde da Pacatuba )

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*